PRODUTOS - Estruturas

Fundação

O tipo de fundação é determinado através dos relatórios de sondagens e as cargas do projeto da superestrutura.
No caso de fundação direta, utiliza-se sapatas pré-fabricadas, convenientemente dispostas, para recebimento dos pilares e vigas baldrames. As sapatas são responsáveis em transmitir a carga da estrutura para o terreno.
Os cofres das sapatas são feitos com uma folga que permite a aprumação do pilar e o posterior engastamento do mesmo na fundação.


Pilares

Elementos estruturais verticais, esbeltos, que estão submetidos a solicitações com predominância da força normal. Trabalham como suporte para vigas.
O limite de comprimento dos pilares sem emenda é em torno de 25m.
Por exigência de projeto, algumas vezes os pilares podem ser vazados para escoamento de águas pluviais. Para isso, quando de sua fabricação, são deixados tubos embutidos.

 

Vigas

Elementos estruturais horizontais, que servem de suporte para lajes e painéis, transmitindo a carga aos pilares.

As vigas podem ser produzidas em concreto armado ou protendido e ter seções transversais diversas, ajustadas a cada projeto.

 

Tesouras

Vigas com altura variável e vão máximo de 25m, utilizadas para fornecer inclinação às coberturas de galpões.
Produzidas em concreto armado ou protendido, formam com os pilares, pórticos que juntamente com as terças, recebem a estrutura de cobertura.

 

Vigas Calhas

As calhas são fabricadas em formato “U”, podendo ser protendida ou não. São utilizadas como apoio de cobertura, servindo de condutor de águas pluviais, ou elementos para drenagem pluvial e esgotamento sanitário.

Vigas calhas também podem servir de arremates de fachada, quando possuírem tamanhos diferentes em suas laterais.



Design by Marlon Xavier